Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009


A imagem da nossa classe política vai de mal a pior, já era tempo de aparecer um programa de televisão para descobrir novos talentos da política. Os Ídolos... Políticos!  Apresentado pela Serenella Andrade e o Mendes Bota. Tinha tudo para ser um sucesso de audiências. Parece que até estou a ver um mega casting nacional para encontrar as novas vozes da democracia.


Júri 1: Como é que te chamas?

Ídolo: Jorge.

Júri 2: Só Jorge? Conheces algum político que só tenha um nome?

Ídolo:
Não...

Júri 3: Vens para aqui dar música ao pessoal, Jorge? Pensas que és a Madonna ou o Prince?

Ídolo: Não. Desculpem, é que eu estou muito nervoso. O meu nome é Jorge Ferreira Morais e Silva.

Júri 1: É pá,  tinhas só um nome e agora pimba espetas-nos com três apelidos, ainda com direito a um “e” pelo meio, hem? És o maior ó Jorge, se calhar voto já em ti.

Júri 2: E o que é que nos vais mostrar, Jorge Ferreira Morais e Silva?

Ídolo: Estava a pensar fazer a declaração do Sua Excelência o Presidente da República em 29 de Setembro de 2009.

Júri 3: Então Força.

Ídolo:
Boa noite. Durante a campanha eleitoral foram produzidas dezenas de declarações e notícias sobre escutas, ligando-as ao nome do Presidente da República e, no entanto, não existe em nenhuma declaração ou escrito do Presidente qualquer referência a escutas ou a algo com significado semelhante. E tudo isto sendo sabido que a Presidência da República é um órgão unipessoal e que só o Presidente da República fala em nome dele ou então os seus chefes da Casa Civil ou da Casa Militar.

Júri 3: Pára, pára, pára. Não sabes nada em português?

Ídolo: Posso tentar o discurso de vitória de José Sócrates nas últimas Legislativas.

Júri 2: É pá, esse já ouvimos hoje algumas 50 vezes. Não tens outro reportório?

Júri 1: Achei-te muito mortiço, pá. Sabes fazer alguma coisa mais empolgante, com mais ritmo, mais mexida?

Ídolo: Posso tentar um comício do Alberto João Jardim.

Júri 2: E se for o João jardim no Carnaval?

Ídolo: Não vinha preparado pra isso. Se eu soubesse tinha trazido as serpentinas e o apito.

Júri 3: Então gostava de ver outro registo. Discursos de derrota, sabes algum? Sabes aquele do pântano do Guterres?

Ídolo: Não, só sei o da Dra. Manuela Ferreira Leite nas Autárquicas. Não sei se é se bem de derrota ou bem de vitória.

Júri 1: Olhem-me agora este, parece o primo do Tino de Rans a falar ao país e quer fazer a Ferreira Leite. És primo do Tino de Rans, Jorge?

Ídolo: Não. Sou sobrinho em terceiro grau do Isaltino Morais.

Júri 2: Ui, não me digas que és taxista.

Júri: Não, sou serralheiro metalomecânico mas o meu sonho desde pequeno sempre foi entrar para a política. Prontos, acho que nasci pra isto.

Júri 1: Ó Jorge e vens para aqui sem gravata. Que ideia foi essa pá, és do Bloco?

Ídolo: Não, pensei que se viesse assim seria mais fashion.

Júri 2: Mais fashion? Essa é boa. Se queres ser um político mais fashion ganhas eleições e depois arranjas uma primeira-dama como a do Sarkozy. Estamos entendidos?

Ídolo: Sim. Gostava de tentar o Paulo Portas numa feira. Prometo que vou dar o meu melhor.

Júri 3: Ai agora é que te lembraste das promessas? Agora já vais tarde.

Ídolo: Vá lá, posso fazer só uma intervenção pequenina pequenina do Dr. Francisco Sá Carneiro?

Júri 1: É pá, não. Não dás pra isto.

Júri 2:  Tás no concurso errado, pá. Dedica-te à música pode ser que tenhas mais jeito.

Júri 3: A boa notícia é que por mim também tás chumbado, podes ir embora. A má notícia é que se fores como o Santana Lopes, esta não será a última vez que vamos ouvir falar de ti.



publicado por Gervásio às 14:48 | link do post | comentar

2 comentários:
De Luis a 30 de Janeiro de 2010 às 13:22
www.emma-actividades-musicais.pt


De Pedro a 3 de Fevereiro de 2010 às 11:54

Boas nuno

epá acabei de ler o teu livro da literatura very light e adorei. andei aqui a uns tempos a procura dos teus livros anteriores e não encontrei nenhum, principalmente o leituras de casa de banho. ainda se encontra a venda em algum sitio especial? eu sei que já foi editado a uns tempos, mais vale tarde que nunca e por isso gostava de ler, pois fiquei com a pulga atras da orelha depois de ler o "literatura".

Fiz o teste e sou um tarado sexual. já me cheirava... :D

Continuação de bom trabalho

Cumprimentos

Pedro Faria


Comentar post

Humores, Ideias Fixas, Ideias Soltas, Dúvidas Existenciais, Teorias de Bolso e Outros Textos Incendiários

Saiba Mais Sobre o Livro
nunogervasio@gmail.com
arquivos

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Ligações
tags

actualidade

blog

humor

opinião

twitter

ideias

literatura

sit-down comedy

light

livro

nuno gervásio

very

curiosidades

espectáculo

factos

instituto franco-português

internet

peça

philippe minyana

teatro

acordeão

águas verdes do pacífico

candidatos

carnaval

cartão cidadão

chat

cientificos

cinema

coisas

convite

crítica

declaração

desenvolvimento

discurso

duvidas existenciais

económia

efeitos secundários

el corte ingles

elizabeth

elizabeth e as águas verdes do pacífico

esteves cardoso

fáceis

ferreira leite

garden state

ídolos

inquerito

inventados

jerónimo

jesus

joana amaral dias

júri

kate winslet

lançamento

lista

louçã

luísa ortigoso

luisa ortigoso

maradona

maria dias

maria eduarda dias

messenger

musculação

música

nua

observações

onomatopeia

oscares

parlamento

participantes

partidos

pevides

piadolas

piropos

playboy

político

políticos

portas

post

press release

programa

publicação

ralph fiennes

recessão

regulamento

salazar

scolari

segredos

sexo

silly season

sócrates

supermercado

televisão

the shins

tremoços

tvdesign.org

verão

voce sabia que

xukebox

todas as tags

Subscrever feeds